Sabe aquela cidade que está no seu roteiro de viagem mas foi colocada ali só porque o nome é famoso e deve ter algo para ser ver? Pois bem, nosso relacionamento com Budapeste na Hungria começou assim mas o final da história acabou tendo um final totalmente diferente. Acompanhe.

Novembro de 2015

Estávamos praticamente na metade de nossa Trip pela Alemanha e o Leste Europeu. Já havíamos passado pela inesquecível Hallstatt, Rothenburg ob Tauber (Alemanha), Munique e Viena. Lugares Tops como Praga e Berlim ainda estavam por vir.

Não tínhamos muitas expectativas com ela, mas como era perto de Viena e caminho para a Polônia resolvemos esticar duas noites na cidade do famoso parlamento. Foi então que a mágica aconteceu e ao chegar na cidade já levamos uma pancada de beleza como boas vindas:

O Majestoso Parlamento com todo seu glamour noturno

Você chega de carro à noite e se depara com essa beleza refletindo nas águas do famoso Rio Danúbio. Deu para dizer que foi quase um amor à primeira vista. Fomos dormir e já deu aquela empolgadinha para acordar cedo no dia seguinte.

Muita coisa em 1 dia e meio de Budapeste

Logo cedo já saímos para “bater pernas”. Para otimizar nosso tempo e reconhecer melhor todos os pontos turísticos resolvemos pegar um daqueles ônibus de dois andares que param nos principais pontos. Budapeste é muito bem servida desses ônibus (uma das melhores que vimos pela Europa) e meio dia de passeio depois foi o necessário para escolher entre as tantas paradas.

Cidade limpa, verde e apaixonante
Bondinho Charmoso (Mais até do que o de São Francisco na Califórnia)

Basílica de Santo Estevão e arredores

A Basílica de de Santo Estevão está situada em um prédio neo clássico no coração de Budapeste e homenageia o primeiro rei da Hungria, depois canonizado. Tem surpreendentes mosaicos de mármore e guarda a mão direita mumificada do seu patrono.

Todo o redor da Basílica é muito bonito e com uma boa estrutura para turistas

Acreditamos que o ponto alto deste local é o Bastião dos Pescadores. Este (no complexo do Castelo) oferece uma linda vista para o lado de Peste. (Sim, existe Buda de um lado do Danúbio e Peste do outro, formando assim, BUDAPESTE).

É deste mirante que você terá uma das melhores vistas da cidade e de sua principal obra: o parlamento.

Parlamento Húngaro visto do mirante

Monte Gellert

Este mirante também é imperdível e possui estátuas e gravuras sobre a segunda guerra mundial e o período em que Budapeste era soviética. Tem um lindo jardim e sua vista é tão boa quanto a do Bastião dos Pescadores. Agora não pense em subir a pé, pois se você fizer isso as bolhas vão te dizer olá a noite. Os ônibus que comentamos no início do artigo sobem aqui a cada 15 minutos até a noite.

Esta estátua pode ser vista de toda a cidade
Lindo Jardim ao lado do Monte. Você pode caminhar e relaxar nele

Memorial Sapatos às Margens do Danúbio

Caminhando à beira do rio Danúbio próximo ao parlamento, você vai se deparar com um Memorial em homenagem às vítimas húngaras mortas pelos nazistas na segunda guerra mundial, notadamente judeus.

É uma imagem realmente forte. Não deixe de vistar e refletir quando for a Budapeste.

Como naquela época os sapatos eram considerados bens de valor, os homens, mulheres e crianças eram forçados a retirá-los e logo após, mortos por tiros na nuca ou alvejados. Seus corpos caíam no rio e eram levados pela correnteza. Até hoje as pessoas colocam velas e flores nos sapatos e fazem orações pelas vítimas.

Você irá encontrar belos cenários apenas caminhando a beira do rio
Vista da Basílica de Santo Estevão (local das fotos do primeiro mirante que falamos)

Cruzeiro pelo Danúbio

Esta aí algo que você não deve perder a oportunidade de fazer. Um cruzeiro pelo famoso Danúbio, tomando um espumante ou aquela cervejinha. Dê preferência por fazê-lo a noite para aproveitar todas as luzes que Budapeste pode lhe oferecer.

Você encontra várias empresas a beira do rio ou em seu Hotel que oferecem o passeio.
Novamente a Basílica de São Estevão mas agora ainda mais linda
Não cansamos de apreciar esse Parlamento….
Rola até uma música ao vivo com direito a pedidos dos passageiros

Realmente não poderíamos ter escolhido passeio melhor para fechar a surpreendente Budapeste.

Veredicto Final

Quer uma frase polêmica: “Gostamos mais de Budapeste do que de Praga!”. Não sabemos se isso aconteceu por termos criado uma expectativa muito alta em relação a Praga e baixa a Buda. De qualquer forma, a capital da República Tcheca é muito linda também, mas se pudéssemos voltar no tempo, em vez de 3 noites em Praga e duas em Budapeste inverteríamos os dias facilmente. A verdade é que você precisa conhecer as duas e não vai se arrepender disso.

 

E então, malas prontas para Budapeste? Deixe seu comentário, siga nosso Instagram ou curta nossa página no Facebook. Ficaremos muito felizes em pode lhe ajudar em sua futura viagem para o Leste Europeu.

Até Breve

Viajantes, Investidores, Apaixonados um pelo outro e pelo Balbo.

Deixe uma comentário