Viajar é sempre sinônimo de alegria! Conhecer lugares novos, novas opções de comida, descobrir novas paixões. Mas o que fazer quando a viagem vai terminando e a gente já começa a quebrar  cabeça pensando na volta para casa?! E a “deprê” que bate?!

Pois então…. Vou te contar o que ando fazendo há algum tempo pra tentar amenizar um pouco esse sentimento de nostalgia com a volta pra casa e o fim de mais uma viagem.

Há algum tempo atrás eu estava em uma papelaria e encontrei um álbum com folhas pretas e lisas. Achei que fosse um álbum de fotos, mas vi que dentro do álbum não haviam saquinhos e nem abas para colar as fotos. Foi aí que descobri o famoso “Scrapbook”. A atendente da papelaria me explicou que era um álbum em que você montava as páginas com fotos suas e da maneira como você quisesse. Depois pesquisando na internet, descobri que não existe uma forma de fazê-lo. O que vale é usar a imaginação.

Depois desse dia, quando viajavámos, passei a guardar vários”mimozinhos” durante a viagem. Fosse um guardanapo de um barzinho que adoramos, ou uma entrada de um show que fomos, ou até mesmo folhas secas de um parque o qual visitamos, enfim… Tudo era colocado na pastinha “próximo scrapbook”. E durante a viagem inteira até mesmo  pessoas da minha família que estavam com a gente e que nem iriam montar o álbum ficavam de prontidão nos ajudando a recolher as “ditas”  lembrancinhas do lugar.

O bom de tudo isso é que na sua volta você já vem para a sua rotina preocupado com a segunda parte da viagem: “A eternização desses momentos”. Ou seja, você volta e  começa a curtir as fotos da viagem. Escolhe as melhores e manda imprimi-las. Aí então, você se organiza com relação às lembrancinhas coletadas durante a viagem. O que você irá utilizar juntamente com as fotos. No meu caso, muitas vezes trago bastante lembranças mas não uso todas. Assim tenho mais opções na hora de montar o álbum.

Capa do “Scrap” da Viagem para Las Vegas, Los Angeles, Big Sur e San Francisco em 2012

E sobre a montagem em si…. Não existem regras. Vale colocar pedaços de  letra de música, fitas de poá ao redor das fotos, e até mesmo um fundo colorido. Vá pela sua criatividade. Caso você encontre alguma loja especializada em Scrapbook você vai ver que existe muita opção.

Neste Scrapbook aproveitamos desde o Guia Turístico de San Francisco até mesmo aquelas “almofadinhas” para colocar a cerveja em cima do Pier 39

E o mais interessante disso tudo é que a cada viagem você ganha um álbum personalizado. Feito por você mesmo, com suas lembranças emocionais do lugar, com aquele carinho e o desejo de que tudo voltasse ao início da viagem. Enfim, com um toque todo especial.

 

Neste, até a programação do dia do maior navio de Cruzeiros do Mundo (até 2013) o Allure Of the Seas ficou eternizado no álbum

E o momento de mostrar para a família e amigos?! O pessoal se surpreende com o que vê. Principalmente se quem está vendo também foi na viagem junto com você. É muito emocionante relembrar o tempo vivido, uma maneira toda especial e personalizada.

 

Jamaica, Cruzeiro, Vegas e Miami: todos eternizados em poucas e lindas páginas

Temos mais de 10 scrapbooks já feitos e dois na “esteira” prontos para serem montados.

E você?! Está esperando o que pra começar as montar o seu?!

Em breve vou falar mais sobre este assunto, inclusive passando o “passo a passo” na montagem de nosso próximo scrapbook.

Não deixe de acompanhar por aqui, siga nosso Instagram, comente ou mande email para feriastodentro@gmail.com . Ficarei muito feliz em interagir com você e tirar suas dúvidas sobre nossos artigos.

Grande Beijo e até Breve

Gisele

Viajantes, Investidores, Apaixonados um pelo outro e pelo Balbo.

One thought on “Scrapbook: Uma Forma de Recordar (By Gisele)”

Deixe uma comentário